Resenha Nacional D'Votion - Deixe-me Ser Seu Dono - D'Votion # 2 - Julie Lopo

Sinopse - Joana tinha traumas e inseguranças depois de ser brutalmente agredida por seu antigo Dom. Quando achava não ter mais escapatória, a vida lhe ofereceu uma segunda chance. Mas as marcas do passado a deixariam aceitar outro Dom na sua vida? Marcus não queria compromisso ou uma mulher definitiva na sua vida. Uma por noite, sem promessas ou romance era o seu lema, mas quando botou os olhos na pequena submissa Joana, tudo no que acreditava e o que tinha planejado foi esquecido. Agora sua vontade é apenas uma: ter Joana para si e ser o seu dono.
CONTÊM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR 
Nesse segundo livro da série o foco está em Marcus e Joana. Joana é a submissa que no primeiro livro foi agredida por seu Dom dentro do clube BSDM D'Votion e foi acolhida por Nataly em sua casa.
Joana é uma mulher que teve uma vida incrivelmente dolorosa, desde a sua infância. Por conta de acontecimentos sombrios ela fugiu muito jovem e sua ingenuidade a colocou nas mãos de um homem possessivo e violento: Mark.
Marcus havia reparado em Joana desde o momento em que ela pisou no clube, mas duas coisas o impediram de tentar algo com ela: o fato de Joana estar acompanhada de um Dom e de ter um serial killer matando frequentadoras do clube. Agora, livre desses dois empecilhos, Marcus precisa ser paciente com Joana, que está ganhando segurança com a sua independência, para tentar ter algo com a protagonista.
Joana pela primeira vez em sua vida está trabalhando e ganhando o seu espaço próprio, mas ela ainda é assombrada pelos fantasmas do passado e sua insegurança sobre seu valor como pessoa.
Marcus é um Dom e tem a necessidade de proteger e agir em nome daqueles que considera seu. E Joana é sua. Mas ter paciência não é o seu forte e ele dará um "empurrãozinho" na direção certa.
"O Dom não estava mais ali. Parado à sua frente está o homem que ela mais amava." (p. 276)
Diferentemente do primeiro livro, "Deixe-me ser seu dono" fala mais sobre os traumas pessoais da protagonista. Joana é uma personagem frágil, mas ao mesmo tempo forte, pois consegue sobreviver a situações dolorosas, se levantar seguir em frente.
Marcus tem um certo ar de arrogância, mas ao mesmo tempo, é simplesmente adorável. É gentil, cuida dos amigos e da irmã e se preocupa genuinamente com as pessoas.
O livro possui várias cenas do livro anterior, porém com perspectivas diferentes. É importante ressaltar o cuidado que a editora teve com a obra. Internamente temos páginas escuras, detalhes magníficos e uma diagramação excepcional.
"No fundo, todo homem gosta de ser desafiado, não se engane. Até alguns Dominadores gostam de desafio algumas vezes." (p. 97)

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2L0XAkk

Confiram a resenha do livro anterior:

5 comentários

  1. Nossa depois dessa resenha fiquei mais curiosa ainda em fazer a leitura dessas histórias. Acho que vou me apaixonar pelo Marcus, apesar desse ar arrogante ele tem tudo pra ser uma boa pessoa. A Joana também cativa o leitor e quero saber mais da história de vida dela.
    Já ta na minha lista!

    ResponderExcluir
  2. Já tinha gostado bastante da resenha do anterior, mas nesse tenho certeza que quero ler.
    Fiquei super curiosa para saber mais sobre Joana.
    Acho incrível todo esse cuidado da editora.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  3. Ola!
    Já tinha lido apresenta anterior, mas me deixou mas curiosa pelo livro mais ainda por essa resenha. E bom quando o livro fica um pouco mais na história da protagonista e não só em outros aspectos, gostei desse detalhe. Espero ler em breve!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  4. Carol,
    Apesar de achar que o primeiro livro me agradará mais na leitura, gostei do romance formado aqui. Espero que a autora tenha delicadeza em criar a história de Joana, principalmente se foi agressivo, gosto quando isso é trabalhado (de forma séria) em um personagem, principalmente em romances.
    Ah, tô adorando essas capas...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá! Gosto quando a mocinha mesmo sendo frágil, também é forte o suficiente para superar as dificuldades que aconteceram com ela, Marcus parece ser um personagem ótimo, que saberá lidar bem com os traumas enfrentados pela Joana para que os dois consigam ter um relacionamento.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.