Resenha Um Mundo Sem Príncipes - Escola do Bem e do Mal # 2 - Soman Chainani

Sinopse - Nesta esperada continuação de A Escola do Bem e do Mal, as melhores amigas Sophie e Agatha estão de volta ao seu lar, em Gavaldon, para viver seu desejado final feliz, certas de que seus problemas terminaram. Mas a vida não é mais o conto de fadas que elas esperavam. Quando Agatha escolhe um fim diferente para sua história, ela acidentalmente reabre os portões da Escola do Bem e do Mal, e as meninas são levadas de volta para um mundo totalmente modificado. Agora, bruxas e princesas moram juntas na Escola para Meninas, na qual são inspiradas a viver uma vida sem príncipes. Tedros e os meninos estão acampados nas antigas Torres do Mal, onde os príncipes se aliaram aos vilões, e uma verdadeira guerra está se armando entre as duas escolas. O único jeito de Agatha e Sophie se salvarem é procurando restaurar a paz. Será que as amigas farão as coisas voltarem ao que eram antes? Sophie conseguirá ficar bem com Tedros nessa caçada? E o coração de Agatha, pertencerá a quem? O felizes para sempre nunca pareceu tão distante.
CONTÊM SPOILERS DO LIVRO ANTERIOR 
Agatha e Sophie conseguiram retornar para Gavaldon e juntas, perceberam que seus finais felizes não precisavam de príncipes encantados. Noves meses se passaram depois dos últimos acontecimentos. Porém, as duas não são mais as mesmas e Gavaldon permanece aquele povoado pequeno, onde a rotina é permanente e as duas caem no esquecimento da população, mesmo tendo salvado o mundo, destruído o diretor e interrompido os sequestros de crianças.
Para Agatha, a vida normal é ótima, com exceção do fato de que Sophie é completamente dependente dela. Sophie está cada vez mais infeliz. Seu pai irá se casar novamente, e a nova esposa tem dois filhos homens que ele adora; ninguém no vilarejo a trata como uma estrela e a cada dia que passa ela tem certeza de que sua vida será um pesadelo.
Tudo muda quando Gavaldon sofre um ataque e casas vão sendo destruídas. Os misteriosos atacantes querem apenas uma coisa: que os moradores entreguem A Bruxa: Sophie. 
Várias coisas acabam acontecendo e as duas precisam retornar à Escola do Bem e do Mal, mas nada é mais o mesmo. O mundo dos contos de fadas tornou-se um campo de batalha entre meninos e meninas: "Escola para iluminação e o encantamento de meninas" vs "Escola para vingança e indenização de meninos". Após o final da história de Agatha e Sophie, as futuras princesas perceberam que não precisam dos príncipes e não precisam ficar se embelezando e cuidando apenas do exterior quando existem tantas coisas para ler e aprender! Os meninos sentem-se roubados e o mais prejudicado foi Tedros que teve sua princesa escorregando por entre os seus dedos. Além disso, existe a possibilidade do Diretor estar de volta. Até mesmo os professores sofreram uma nova cisão e um grupo está ensinando as meninas e o outro, os meninos.
"Agitadas pela força de seu elo, as feiticeiras uniram forças com as princesas e assumiram o controle dos reinos".
Mas isso não é tudo. Surge uma nova professora, a Srta Sader, que é extremamente feroz em manter essa divisão de sexos. Suas aulas são ferozes e ela está disposta a tudo para conseguir o que deseja.
Essa nova "realidade" discute muito bem os "papéis" das meninas e meninos nos contos de fadas. Por que as meninas devem ser bobinhas, vestirem cheias de glamour e ficar acenando e torcendo pelos rapazes, se elas tem a capacidade de realizar as mesmas tarefas, conseguem raciocinar e ser mais do que um rostinho bonito? Além disso, qual é o impacto dessa cisão no equilíbrio entre o Bem e o Mal?
Todos esses acontecimentos se passam na primeira parte do livro. Na segunda parte, temos a inserção de personagens muito conhecidos dos leitores, como Merlin. Quem leu o primeiro livro, sabe que Tedros é filho do Rei Arthur e Guinevere e que o próprio Merlin participou da corte do rei. 
A amizade de Agatha e Sophie continua sendo colocada a prova. Apesar de Sophie estar no caminho do bem, no fundo ela é uma garota mimada e egocêntrica e vemos que muitas de suas ações são voltadas para o que seria melhor para Sophie e não para a maioria. Agatha por sua vez é extremamente insegura. Ela não se acha boa o suficiente, não se acha bonita, não se acha capaz de conseguir fazer qualquer coisa. Essa co-dependência que ela tem com a amiga é um escudo de proteção contra suas inseguranças.
Vale ressaltar que os personagens secundários ganham cada vez mais destaque no livro. O coven formado por Dot, Hester e Anadil mostra-se um grupo de amigas leais e honrado, determinadas a lutar e se envolver na batalha. As garotas do Bem, como a frívola Beatrix, também se destacam ao mostrar um novo lado de sua personalidade, uma determinação que ainda não havia sido demonstrada.
Esse segundo livro traz uma continuação muito envolvente e tem um ótimo desenvolvimento. Como no livro anterior, esse é cheio de desenhos e detalhes que enriquecem ainda mais a história. 
“Esse é o problema com contos de fadas. De longe, eles parecem perfeitos. Mas, de perto, são tão complicados quanto a vida real.”

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2JeiozV

Confiram as resenhas dos livros anteriores

A escola do bem e do mal - Livro 01

8 comentários

  1. Como quero ler essa série passei direto por essa resenha para evitar os spoilers, mas to curiosa para saber o que aconteceu com as meninas e como vai ser a vida delas depois da escola.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carolina!
    Estou bastante curiosa para conhecer a história, parece ter agradado mtos leitores, principalmente os que curtem o gênero, com um enredo que prende a atenção, eu gosto disso nas leituras, já estão nos meus desejados!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Carol!
    Pois é, quem disse que vilões não podem ter finais felizes?
    Não li ainda nenhum dos livros da série, mas achei fantática a ideia da mudança de personalidade e como é mostrado o quanto somos formados por nossas experiÊncias e como elas vão definir quem somos de verdade.
    Que lindas ilustrações.
    “É o coração que sente Deus e não a razão.” (Blaise Pascal)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Olá Carolina,

    Gostei de saber que esse livro continua interessante e dos novos personagens enriquecendo ainda mais a história....bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. O primeiro não havia chamado me atenção, porém vendo as resenhas do segundo já fiquei mais interessada. Por mais que não seja meu estilo favorito de leitura creio que daria uma chance, quem sabe eu me surpreenda e mude de ideia.

    beijinhos
    She is a Bookaholic

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Nossa, parece que o segundo veio para bagunça mas a trama. Gostei muito e tem uma premissa ótima, apesar fiquei bem curiosa pelo que realmente irá acontece.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  7. Oi Carol,
    De fato são bons livros, uma história bem interessante apesar de achar que foi uma mistura de ideias de outras fantasias... Mas, não gostei dessa divisão entre meninos e meninas que teve nesse segundo livro, acho que se torna muito clichê, poderia seguir um rumo diferente a meu ver! Mas, só lendo para saber não é?
    Bom saber que te conquistou, espero que o terceiro livro também conquiste.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá! Gostei bastante dos desenhos, também acho que eles enriquecem bastante o enredo do livro, muito bom saber que o livro dois continua com a mesma pegada do primeiro, e que teremos muita ação e mistério nessa aventura.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.