Resenha Nacional Amar Tá Osso - Vanessa Bosso

Sinopse - Cléo tem certeza que possui o dedo podre para escolher namorados e decide fugir de relacionamentos por um tempo. Para sufocar o amor que existe dentro de si, ela se dedica de corpo e alma à clínica veterinária que tem em sociedade com sua irmã, a Franciscão. Mas, em uma manhã sossegada de domingo, dando uma caminhada com os seus dois filhos peludos, Cléo é pega de surpresa por um tiroteio que resulta em um cão ferido. A partir daquele momento, a vida da veterinária sofrerá uma guinada fenomenal. Apesar de amar tá osso nos dias de hoje, o amor existe dentro de você. Liberte-o!
"Amar tá osso" é um romance irresistível narrado em primeira pessoa por Cléo. Cléo é uma veterinária de 31 anos de idade que já passou por dificuldades quando o assunto é o coração. Por conta disso, Cléo prefere dedicar-se ao trabalho e ao amor por seus dois pets: Loki e Osho, mas sua irmã Agatha acredita que Cléo terá uma grande reviravolta no coração.
Conforme a sinopse explica, o destino entra em ação em uma situação perigosa, quando Cléo presencia uma cena trágica: um tiroteio que fere um cão que estava protegendo o dono. Acontece que o dono é Danton Lamartine, um homem de 44 anos de idade que depende totalmente de Vida, a sua cachorrinha. A partir desse momento, os caminhos de Danton e Cléo se entrelaçam e os dois não fazem ideia que o amor é capaz de ultrapassar qualquer barreira...
"A parte mais difícil na vida de um veterinário são momentos como este, em que o controle está em nossas mãos e, ao mesmo tempo, escapa delas." (p. 30)
Cléo é aquela personagem que o leitor consegue se conectar de imediato. Ela é divertida, um pouco dramática, inteligente, ama animais e tem um coração gigantesco. É super engraçado observar sua interação com Loki e Osho, a forma como ela cria diálogos com eles, o cuidado que tem com os dois e o amor incondicional entre eles. Além disso, Cléo tem um dom especial que a ajuda em inúmeros momentos, mas que também a coloca em situações inusitadas. Danton tem uma personalidade mais séria, mas não menos intrigante. É um homem iluminado, que parece observar as situações de uma perspectiva mais madura, mas que também traz uma alegria de viver.
"- Quero uma conexão verdadeira, cara a cara. Quero encontrar uma pessoa do jeito antigo, numa trombada, em um supermercado, talvez até em uma viagem. Depois disso, quero viver a troca de olhares, o frio na barriga, os subsequentes sorrisos idiotas, aquela gagueira apaixonada..." (p. 69) 
O que falar da Agatha? Ela é fofa, inteligente, tem um amor imensurável pela Cléo e está sempre ao seu lado. Além disso, Agatha faz alguns comentários mais esotéricos que levam a irmã a loucura. Temos também o Kléber, o terceiro sócio da Franciscão, um cara legal que é constantemente zoado por conta de seu status amoroso.
O enredo é muito bem escrito e a autora trabalho com o humor e criou personagens apaixonantes (inclusive os de quatro patas) para encantar os leitores. A história fala sobre o amor, sobre encontrar a pessoa certa e aprender com os nossos erros. 
Em relação à capa, diagramação e layout a Astral Cultural realizou um trabalho excepcional. A capa é cheia de elementos que encontramos na história, tem uma delicadeza ímpar e se destaca. No início de cada capítulo há frases em destaque relacionadas com o texto que permitem que o leitor reflita sobre vários assuntos como relacionamentos, amor e crescimento pessoal.
"Na coleira da direita, está o estabanado golden retriever, o gigante peludo conhecido por todo o bairro como Loki. Não se trata do vilão da Marvel, vou apenas afirmar que esse cachorro é muito doido." (p. 17)
Avaliação: 4/5
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2PT3pzP
Confiram as resenhas dos demais livros da autora:

2 comentários

  1. Carol!
    Li outros livros da autora e sempre admiro como ela consegue criar personagens divertidas, trazendo ao livro um tom mais irreverente.
    Deve ser um bom livro.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol.
    Ainda não li nada da autora e achei a trama de Amar tá osso bem fofo. Ainda mais por causa da presença de pets *-*
    Loki, Osho e Vida parecem ter sido bem retratados e já sei que vou gostar muito deles.
    Achei a capa muito linda!
    Beijos

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.