Resenha Nacional Sorte ou azar? - É tudo uma questão de ponto de vista - Viagens na ficção - Filipe Salomão


Sinopse - Nesse livro, você será apresentado a Pedro: um garoto que nasceu na família errada, no momento errado e com as influências erradas. Durante a narrativa de sua infância e juventude vivenciaremos com ele experiências como a morte prematura do pai, drogas, uma amizade um tanto quanto questionável com uma prostituta e um amigo com, digamos, mais sorte do que ele. Todas essas experiências mostrarão que sorte ou azar são apenas questão de ponto de vista. Sorte, sorte é você ter um bom livro numa tarde chuvosa para ler. Azar, azar é ser esse o livro.
 "Sorte ou Azar?" é um livro voltado para o público mais adulto que irá girar em torno da trajetória da vida de Pedro. O livro é dividido em Prólogo, Infância (com quatro capítulos); Adolescência (com cinco capítulos); Responsabilidades (com quatro capítulos); Frustração (com seis capítulos) e Destino (com dez capítulos). 

O livro é narrado em primeira pessoa por Pedro, um protagonista que foi indesejado desde o momento de sua concepção. Fica claro para ele que a sua família não tem uma boa dinâmica: o pai alcoólatra e abusivo e uma mãe subserviente e sem forças para lutar por si própria. Conforme vai crescendo, Pedro vai analisando as situações em que se encontra e sempre debatendo e refletindo esses percalços sob a perspectiva de Sorte ou Azar.
"Não gostava de ver brigas, mas me acostumei, não gostava de ver minha mãe triste, mas me acostumei. Eu não gostava de muitas coisas, mas me acostumei com todas." 


O enredo é um grande debate sobre a influência do meio na construção do caráter e nos caminhos que o indivíduo trilha. Pedro é a representação de milhões de pessoas, que crescem sem perspectivas de um futuro melhor e muitas vezes, param de lutar e se entregam a maré.
Ao crescer, faz amizade com Ricardo, um jovem manipulador e sem escrúpulos, que apenas reforça as ideias passadas pelo pai de Pedro. Sendo assim, Pedro se vê mais uma vez entregue a maré, apenas "recolhendo" os bons frutos da popularidade de forma inconsequente, até o momento em que algo importante surge e ele vê o seu verdadeiro valor.
"Sorte, sorte é ter a realidade maior que a expectativa. Azar, azar é a expectativa ser maior que a realidade. Mais conhecida por decepção."
Pedro é um personagem complexo, pois é um espelho daquilo que o criou. Ao crescer com um pai abusivo e que não respeita as mulheres, torna-se um homem igual, ao encontrar a popularidade durante a adolescência, demonstra atitudes de seus semelhantes e por aí vai...
"Sorte ou Azar?" é o tipo de livro que irá fazer o leitor refletir sobre a sociedade e como ela influencia o indivíduo. É uma crítica poderosa, cheia de altos e baixos representadas por Pedro, um homem que chega ao mundo em plena desvantagem...
"Sorte, sorte é ter um exemplo dentro de casa...Azar, azar é seguir o exemplo errado." 
Skoob
Para comprar o livro:
Na editora, também em ebook: Chiado Editora
Nas livrarias:
Saraiva
Livraria Cultura

Para contatar o autor:
E-mail: filipesalomao@gmail.com
Instagram: @filipe_salomao
Twiter: @filipe_massa
Facebook: https://www.facebook.com/sorteouazar/


*EBOOK RECEBIDO EM PARCERIA COM O AUTOR

5 comentários

  1. Olá!
    Não sabia sobre o livro, mas ao ler a resenha fiquei bastante curiosa por ele. Tem uma história bem comum e interessante. Os filhos sempre se reflete nos pais, então o que o país fazem os filhos tem a capacidade de fazer a mesma coisa e o livro mostra isso. Espero ler em breve!

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  2. Oi Carol.
    Esse livro parece trazer uma crítica muito pertinente aos dias de hoje e a sociedade que vivemos.
    O ambiente que vivemos realmente influencia no nosso caráter e sem alguém para dizer ou mostrar a Pedro o que é certo errado e quais atitudes são as corretas, ele acaba tratando as pessoas da mesma forma que o trataram.
    Espero ter a chance de ler o livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá! O livro parece ser bem reflexivo, embora a capa seja tão fofinha, o seu conteúdo é bem complexo e intenso, realmente uma critica de como muitas famílias criam seus filhos, e como esses filhos criarão os deles, um ciclo que precisa urgente de mudanças.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Carol.
    Adorei a sua resenha! Como sempre você conseguiu me deixar curiosa!
    Já anotei a dica aqui!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  5. Carol!
    Livros que trazem à reflexão sobrre o cotidiano e a forma de vida das pessoas, é sempre algo bem interessante.
    Arriscaria a leitura.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.