Resenha Um Acordo e Nada Mais - Clube dos Sobreviventes # 2 - Mary Balogh

Sinopse - Embora Vincent, o visconde Darleigh, tenha ficado cego no campo de batalha, está farto da interferência da mãe e das irmãs em sua vida. Por isso, quando elas o pressionam a se casar e, sem consultá-lo, lhe arranjam uma candidata a noiva, ele se sente vítima de uma emboscada e foge para o campo com a ajuda de seu criado. No entanto, logo se vê vítima de outra armadilha conjugal. Por sorte, é salvo por uma jovem desconhecida. Quando a Srta. Sophia Fry intervém em nome dele e é expulsa de casa pelos tios sem um tostão para viver, Vincent é obrigado a agir. Ele pode estar cego, mas consegue ver uma solução para os dois problemas: casamento. Aos poucos, a amizade e o companheirismo dos dois dão lugar a uma doce sedução, e o que era apenas um acordo frio se transforma em um fogo capaz de consumi-los. No segundo volume da série Clube dos Sobreviventes, você vai descobrir se um casamento nascido do desespero pode levar duas pessoas a encontrarem o amor de sua vida.

Vincent, o visconde Darleigh, é o integrante mais jovem do Clube dos Sobreviventes. Um acidente consideravelmente bobo durante seu tempo no exército tirou a sua visão e ele soube que sua vida nunca mais seria a mesma. É um homem jovem, inteligente, amoroso e cercado por uma família cheia de mulheres com forte opiniões e extremamente protetoras com o caçula. Como o visconde se afastou da sociedade após o ferimento, foi sua mãe e irmãs que assumiram o papel do comando da casa. E agora elas acreditam que chegou a hora de Vincent conseguir uma esposa....
Porém, tudo o que Vincent não quer é um casamento arranjado com uma esposa que aceitará ficar com ele por conta do seu título e que irá "aturar" sua condição. Quando ele percebe que uma armadilha é criada por sua família, Vincent foge no meio da noite e retorna para o vilarejo onde cresceu. Mas sabia ele que é exatamente lá que irá conhecer a mulher perfeita para ele.
Bart Coombs é um local tranquilo e a maioria dos moradores são pessoas simples e que tratam Vincent da mesma forma como o tratavam antes do título herdado e do seu ferimento. Com exceção de uma única família: os tios de Sophia Fry. 
Sophia é órfã e seus tios, que são a família rica e elitista do local, a receberam em casa. Mas ao invés de a tratarem bem, a tratam como uma empregada ou então, ela passa despercebida por todos, o que rendeu a Sophia o apelido de Ratinha. Sophia tem uma prima, a Henrietta, uma garota mimada que é incentivada aos pais a se casar com Vincent e conseguir o título nobre. 
“ Sempre foi o ratinho que observava os absurdos da vida à sua volta, Sophia?”
Sophia, ao perceber o golpe que seus tios e prima estão armando para cima de Vincent intervém e é expulsa de casa. Vincent, ao descobrir o que aconteceu, decide ajudá-la e os dois começam a passar muito tempo juntos, desenvolvendo uma grande amizade, atração e quem sabe, algo mais.
“ Sonhos são desejos que provavelmente nunca serão realizados. Eu poderia fazer meus sonhos se realizarem. Na verdade, é o que pretendo.”
"Um acordo e nada mais" é um lindo romance que tem como protagonistas dois jovens que estão descobrindo suas identidades. Sophia nunca teve a oportunidade de ser ela mesma e é apenas quando conhece Vincent é que começa a abrir suas asas. Vincent por sua vez, começa a perceber que precisa seguir em frente e assumir as responsabilidades. 
“O senhor me oferece conforto material e eu lhe ofereço coragem para se tornar o senhor de si mesmo?”
O livro é um romance delicioso de se ler. É uma história de crescimento pessoal, com protagonistas carismáticos e personagens queridos fazendo aparições, o que torna a história muito especial.
“Sinto-me responsável, desejo ajudá-la a encontrar uma solução e tenho os meios para solucionar. E nossos sonhos não precisam morrer completamente se nos casarmos. Pelo contrário. Vamos fazer algum tipo de acordo que seja benéfico para os dois no futuro próximo e que nos ofereça esperança em longo prazo.”
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2DRdyu0
Confiram a resenha do livro anterior:

6 comentários

  1. Mesmo sem conhecer a fundo o trabalho da autora, Mary tem conseguido mais e mais fãs leitores pelo mundo todo. Penso que por ser um tanto diferente alguns pontos dos seus enredos.
    Isso de trazer um protagonista deficiente e mesmo assim, não o colocar como vítima, é algo que aprecio demais e claro, trazer também uma personagem forte, mesmo sendo tão jovem é algo importante demais!
    E oh, tem romance!rs e isso a gente ama demais!
    Com certeza, espero começar esta série em breve.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Carolina,
    Eu não canso de dizer que amo a capa desses livros!
    Acho que vai ser a primeira vez que vou ler um livro com um personagem cego, então estou bem curiosa como vão abordar isso.

    ResponderExcluir
  3. Olá! Esse é um dos meus livros favoritos da Mary Balogh, uma história de amor doce sobre duas pessoas tentando encontrar um novo caminho em suas vidas, é realmente tocante à maneira como eles apoiam um ao outro, e é tão lindo acompanhar os dois se apaixonando.

    ResponderExcluir
  4. Oi Carol,
    Quero muito ler esse livro.
    Apesar de amar mocinhos que são mais “soltas”, gosto de romances mornos, em que o desenvolvimento da “paixão” é maior…
    Nunca li nada que tivesse um personagem cego – não que me lembre – menos ainda o protagonista, e acho tão legal que a autora tenha se preocupado com isso, com a diversidade em suas histórias, só me deixa mais curiosa pelo livro.
    Em um geral, achei o romance mais tranquilo, mais morno se comparado ao primeiro livro, mas é uma característica que eu gosto!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carol.
    Estou adorando essa série.
    Achei esse livro ainda melhor que o primeiro.
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei bastante da sinopse desse livro e achei uma proposta inovadora você ver o mocinho de época com deficiência e não poder ver a mocinha achei a proposta muito interessante e já quero ler o livro com urgência

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.