Resenha Nacional A Diva e o Bruto - Gisele Souza

Sinopse - Era uma vez... Não, espera aí! Essa não é uma história de contos de fadas, ou é? De um lado, A Diva: Atriz e cantora que está fazendo sucesso pelo cinema internacional. Vinte e cinco anos, linda e bem-sucedida, tem tudo o que uma garota pode sonhar: fama, dinheiro, família feliz, amigos incríveis, os galãs mais lindos aos seus pés. É aclamada pela mídia e querida pelos fãs. Uma mulher de sorte! Será?! De outro lado, O Bruto: Rapaz simples de origem humilde. Mecânico de vinte e sete anos, forte, tatuado, sensual e com o olhar mais quente... (Ai, Jesus! Me desconcentrei.) Cercado por mulheres bonitas, não precisa de um relacionamento sério e quer distância de qualquer complicação. Um homem rústico e lutador! Que também pode ser um amorzinho, quer ver?! Os opostos realmente se atraem? Ou isso é só mais um conto de fadas? Você acredita em destino? Dois mundos diferentes que se chocam. Duas pessoas distintas e tão iguais. O ministério de romance clichê adverte: Essa história contém várias doses de humor, uma porção de romance fofinho, sensualidade latente, aquela amiga louca, os caras mais engraçados, mocinhas fortes e o bruto mais doce.
Mileni Pontes cresceu observando o amor dos pais e a dificuldade de ambos em sustentar a família. Desde jovem, a protagonista percebeu que o amor não paga as contas e prometeu a si mesma encontrar uma maneira de ajudar a família a ter tudo o que merecem. Isso acontece quando um dia ela é descoberta por um olheiro e em um piscar de olhos, torna-se uma atriz famosa. O tempo passa e o nome Mileni Pontes é reconhecido até mesmo internacionalmente: uma atriz e cantora talentosa, mas que fora das telas é fria e distante. O que o público e seus fãs não sabem é que Mileni é uma jovem carinhosa e divertida, que empregou familiares e amigos, pagou os estudos dos irmãos e sente-se extremamente solitária. A fama cobrou o seu preço. E Mileni Pontes o paga diariamente.
Além de seus pais e irmãos e poucas pessoas próximas, apenas sua melhor amiga Priscila sabe a verdade sobre a Mileni (chamada de Leni pelos mais íntimos). Priscila é aquela amiga louca, que envolve a mocinha em enrascadas, mas que ao mesmo tempo a apoia de forma incondicional, mesmo não concordando com as escolhas de Leni.
Por conta do seu reconhecimento imediato, de vez em quando Leni saí disfarçada para poder ter uma noite de alegria. Acompanhada da Priscila, essas noites são os únicos momentos em que a protagonista pode agir como ela mesma, mesmo que isso signifique parecer outra pessoa. E é durante uma dessas noitadas que ela se depara com Rodrigo, o Bruto mais incrível que ela já conheceu...
Rodrigo, ou Digão para os mais próximos, é um cara simples e trabalhador. De origem humilde, ele trabalhou arduamente por tudo o que conquistou. Ao lado de seus dois melhores amigos, Paulão e Jorjão, abriu uma oficina mecânica e trabalha todos os dias, dando o exemplo aos funcionários e amigos. É um cara que não gosta de complicações e não tem medo de arregaçar as mangas para conseguir o que deseja. É um amigo leal, um filho exemplar e um homem honrado que teve uma péssima experiência com uma mulher que não prestava, mas que deixou marcas profundas em seu coração...
"Contudo, como um verdadeiro masoquista, eu estava pronto para sofrer a tortura que ela estivesse disposta a me proporcionar." (p. 149)
O romance é cheio de altos e baixos, brigas e desentendimentos, mas também com muitos momentos engraçados e situações que, graças aos amigos dos protagonistas, fazem com que o leitor dê muitas risadas. A autora explicou na sinopse que se trata de um clichê romântico, então o leitor não pode se espantar com a forma com que o livro termina, mas isso não tira o encanto da história ou da personalidade dos personagens.
Vale destacar que os amigos de ambos os protagonistas também são protagonistas nessa história. Sim, Leni e Digão são o casal romântico do livro, mas sem a presença da Pri, do Jorjão ou do Paulão, o livro não seria o mesmo, pois eles roubam a cena a cada momento em que aparecem.
"Onde se encontra um buraco quando a gente precisa dele?" (p. 117)
A química entre o casal é inegável, e apesar de superficialmente termos a impressão de que os dois são completamente diferentes, a verdade é que o coração de ambos desejam a mesma coisa: amor e aceitação.
Com diálogos rápidos e engraçados, cenas hilárias e amigos que mais servem para rir da sua cara do que dar apoio moral, "A Diva e o Bruto" é a leitura perfeita para os fãs de romances.
"Aquilo não tinha como dar certo e sabia disso. Só tinha que convencer meu cérebro e outros lugares sobre isso." (p. 94)

Para comprar o e-book pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2FEtz7A

Um comentário

  1. Olá! O enredo parece ser bem divertido, e essa capa?! Achei linda. Gosto de livros que tem personagens secundários tão importantes e bem desenvolvidos quanto os protagonistas, e como fã de carteirinha de romances, adoro essas histórias mais leves e divertidas, para serem lidas rapidamente em um final de tarde.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.