Lançamentos de Março e Abril/19 do Grupo Autêntica

Sinopse - Há Sete anos, a estudante Flora passou 472 dias vivendo um pesadelo e lutando por sua sobrevivência após ter sido sequestrada durante as férias de primavera. Depois de milagrosamente resistir à tamanha tortura, viveu os últimos cinco anos tentando voltar a ter uma vida normal. Mas apesar de o amor de sua mãe ter permanecido o mesmo, outras coisas mudaram em sua rotina: seu irmão tem medo da pessoa que Flora se tornou, e no quarto dela há uma parede coberta com fotos de outras garotas que nunca voltaram para casa. Quando a detetive D.D. Warren é convocada para a cena de um crime, ela descobre que Flora está envolvida com outros três suspeitos desde seu retorno à sociedade. Mas a garota desaparece novamente, e D.D. percebe que um predador sinistro está à solta. Desta vez, ele está determinado a fazer com que Flora Dane nunca mais escape.

Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2TjHAit

Sinopse - Uma lenda de quinhentos anos e uma jornada ao coração desconhecido da selva mais densa do mundo. Bem-vindo à selva impenetrável de La Mosquitia, nordeste de Honduras. Esse é o lugar onde o escritor e jornalista Douglas Preston se aventurou, ao lado de uma equipe de cientistas, para investigar um dos últimos mistérios do nosso tempo: a famosa Cidade Branca, ou Cidade do Deus Macaco, cuja existência foi anunciada pelo conquistador espanhol Hernán Cortés no século XVI, mas que desde então ninguém foi capaz de localizar. Maldições ancestrais, onças e cobras mortais, parasitas devoradores de carne e embates científicos… Esta história real, digna dos filmes de Indiana Jones e repleta de lições sobre a mais importante descoberta arqueológica deste início de século XXI, reconfigura o que pensávamos saber sobre as civilizações pré-hispânicas, numa época em que a globalização e o aquecimento global ameaçam condenar nosso mundo ao trágico destino dessa cidade misteriosamente desaparecida.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2HdQ3fG

Sinopse - Quando o corpo de um estuprador é encontrado mutilado em uma cena de esfaqueamento brutal, a Detetive Kim Stone e sua equipe são chamadas para encontrar uma solução rápida para o caso. Porém, à medida que novos eventos perturbadores vêm à luz, logo fica claro que há alguém ainda mais sinistro por trás do que parecia ser apenas um crime de vingança. Com a investigação ganhando força e tentando expor os segredos de uma doentia rede de pedofilia, Kim encontra-se na mira de um sociopata cruel, que parece conhecer suas fraquezas. Mas cada movimento da Detetive Stone pode ser fatal, e quando o número de vítimas começar a aumentar, Kim terá que cavar mais fundo do que nunca para deter o assassino. Desta vez, ela terá que lutar pela própria vida.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2EuY8JW

Sinopse - Com metade do rosto marcado e desfigurado pela guerra, não foi só a aparência do Duque de Ashbury que sofreu mudanças: a rejeição e o olhar de desprezo das pessoas mutilaram também o seu interior. E, já que precisa viver às sombras da sociedade, ele decide que passará seus dias perambulando por Londres durante a noite para assustar todos que cruzarem seu caminho. Mas o tempo passa, e em posse de um grande título, o duque sabe que precisará cumprir o dever de conseguir um herdeiro para seu ducado. Para isso, só existe uma regra: encontrar uma mulher que aceite um casamento de conveniência, lhe dê um herdeiro e desapareça de sua vida. Quando Emma Gladstone, uma costureira, aparece na casa de Ashbury para exigir o pagamento de uma dívida, ele vê ali uma grande oportunidade de acordo e lhe faz a proposta de casamento. Mas o duque deixa claro que, assim que Emma engravidar, ela deverá partir para o interior e sumir para sempre. Ele precisa de um herdeiro. Ela precisa de um bom casamento. Os dois estão dispostos a tudo, desde que não envolva seus corações. Mas será que o amor cabe nas entrelinhas de um contrato?
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2XzCsoB
Sinopse - Coletânea inédita de textos de Virginia Woolf centrados na questão da relação entre masculinismo e militarismo, entre patriarcado e ditadura. Três guinéus, o livro em que Virginia Woolf desenvolve o argumento de que existe uma estreita conexão entre patriarcado e militarismo, foi publicado, na Inglaterra e nos Estados unidos, em 1938. Nesse mesmo ano, a revista americana The Atlantic Monthly publicou, em duas partes, uma versão abreviada e reestruturada do livro. “As mulheres devem chorar” foi o título dado à primeira parte, enquanto o título da segunda o repetia, com um acréscimo: “As mulheres devem chorar… Ou se unir contra a guerra”. É em torno desse ensaio e dessa temática que se centra a presente coletânea, acrescida, entre outros, de “Profissões para mulheres”, texto escrito em 1931, focado no tema da dificuldade de acesso das mulheres às profissões liberais, e do comovente ensaio “Pensamentos sobre paz durante um ataque aéreo”, publicado em outubro de 1940, em plena Segunda Guerra e cinco meses antes da morte da autora. Fecha o livro um posfácio de Guacira Lopes Louro, estudiosa de gênero e sexualidade.
Sinopse - Em 1968, Mary Bell, de 11 anos, foi julgada e condenada pelo assassinato de dois garotinhos em Newcastle upon Tyne, Inglaterra. Antes mesmo de ir ao tribunal, Mary Bell foi apresentada como a encarnação do mal, a “semente ruim”. Mas a jornalista Gitta Sereny, que cobriu o julgamento sensacionalista, nunca aceitou essa explicação. Ao longo dos anos, Sereny se deu conta de que, se quisermos entender as pressões que levam crianças a cometer crimes hediondos, precisamos voltar nosso olhar para os adultos que elas se tornaram. Passados 27 anos de sua condenação, Mary Bell concordou em falar com Sereny sobre a sua infância angustiante, os dois terríveis atos cometidos no intervalo de nove semanas, o seu julgamento público e os doze anos de detenção. Em Por que crianças matam, Bell e Sereny discutem o que ela fez e o que foi feito a ela, bem como a criança que era e a pessoa que se tornou. Nada do que Mary Bell disse nos cinco meses de conversas intensas serve como desculpa para seus crimes: ela mesma rejeita qualquer atenuação nesse sentido. Mas sua história devastadora nos força a pensar na responsabilidade da sociedade sobre crianças que são levadas ao limite.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2Tf6kbj
Sinopse - Em Dar corpo ao impossível, Vladimir Safatle parte de uma reflexão a respeito do sentido da última figura da dialética que o pensamento filosófico conheceu, a saber, a dialética negativa de Theodor Adorno. Ele recusa as interpretações deceptivas da dialética negativa, tão presentes até hoje, a fim de explorar suas dinâmicas de produtividade e as modificações que ela produz em conceitos como: totalidade, materialismo, sujeito, diferença e infinito. Isso leva Safatle a propor uma articulação de estrutura entre a dialética negativa e aquelas de matriz hegeliana e marxista. Articulação esta que procura compreender o sentido mais profundo das relações entre configurações da dialética e determinações históricas específicas. Trata-se ainda de se perguntar sobre o que a reatualização da dialética proposta por Adorno deve à psicanálise freudiana e à confrontação incessante à fenomenologia de Martin Heidegger. Ao final, Dar corpo ao impossível serve-se do saldo de tais reflexões para repensar a recusa da dialética que anima a filosofia francesa contemporânea, em especial através do anti-hegelianismo de Gilles Deleuze, assim como para retomar o uso que a dialética, enquanto experiência crítica, conheceu no Brasil, em especial graças a Paulo Arantes.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2IQFwJO

Sinopse - Nenhum texto de Freud foi traduzido de maneiras tão diferentes. Em português, “Das Unheimliche” já foi traduzido como “O estranho” e, mais recentemente, como “O inquietante”; já em outras línguas, como equivalentes a “A inquietante estranheza”, “O inquietante familiar”, “O sinistro”, “O ominoso”, “O perturbador” etc. Essa simples enumeração nos mostra o desafio de traduzir o intraduzível. Na presente edição, o leitor tem em mãos uma tradução não apenas original, mas também ousada e rigorosa: O infamiliar. O “infamiliar” não é resultado da fidelidade à língua de partida, mas, ao contrário, a uma marca visível da impossibilidade da tradução perfeita. Desse modo, não deixa de ser também uma “intradução”, que, em vez de esconder o problema da inevitável equivocidade da tradução, o faz vir à tona. Esta edição, que comemora os 100 anos da primeira publicação de “Das Unheimliche” com uma edição bilíngue e anotada do texto de Freud, traz também uma tradução inédita do conto “O Homem da Areia”, de E. T. A. Hoffmann, obra ficcional que mostrou a Freud a especificidade de um mecanismo psíquico bastante frequente, uma sensação ligada à angústia e ao horror, que experimentamos como algo ao mesmo tempo muito longe e muito perto de nós, muito estranho e muito familiar, muito inquietante e muito próximo. Para completar o volume, vários ensaios de renomados especialistas em psicanálise, literatura, estética e tradução comentam aspectos essenciais da obra: Christian Dunker, Ernani Chaves, Gilson Iannini, Guilherme Massara Rocha, Pedro Heliodoro Tavares e Romero Freitas.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2EMnjc4
Sinopse - Em 1985, Anthony Ray Hinton foi preso sob duas acusações de assassinato no estado do Alabama, sul dos Estados Unidos. Atordoado, confuso e com apenas 29 anos de idade, Hinton sabia que se tratava de um erro de identidade e acreditava que a verdade provaria sua inocência, acabando por libertá-lo rapidamente. Mas sem nenhum dinheiro e sujeito a um sistema de justiça que operava de maneira diferente para um homem negro e pobre do Sul, Hinton foi condenado à cadeira elétrica. À medida que compreendia e aceitava o próprio destino, ele decidiu não apenas sobreviver, mas também encontrar uma maneira de viver no corredor da morte, tornando-se luz na escuridão – para si mesmo e para seus colegas detentos. O sol ainda brilha é um depoimento extraordinário sobre o poder da esperança nos momentos mais sombrios. O livro de Hinton conta sua dramática jornada de trinta anos de encarceramento e mostra que é possível tirar de um homem sua liberdade, mas não sua imaginação, seu humor e sua compaixão.
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2Evt6BI

6 comentários

  1. Oiii.
    Lançamentos incríveis, o que mais me intrigou foi A Garota Desaparecida, estou ansiosa para conhecer.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Os lançamentos estão incríveis, estou bem curiosa por alguns.

    Meu blog:
    Tempos Literários

    ResponderExcluir
  3. Carol!
    Meus olhos estão arregalados com tanto livros bons da Autêntica, vixe!
    Principalmente A garota desaparecida e Freud.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Olá! Claro que já estou ansiosa pelo livro Um casamento conveniente, a escrita da Tessa é ótima, e é muito bom ver novos livros dela sendo lançados aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carol.
    Já comecei a ler o A Garota Desaparecida e estou gostando bastante.
    Não vejo a hora de ler esse novo livro da Angela Marsons e também o da Tessa!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  6. mei essa sua postagem, sempre estou visitando seu blog e lendo suas postagens.. Seu blog está salvo em meus favoritos..

    Parabéns!

    Amo seu blog ❤️..

    Meu Blog: Agromania da Sorte

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.