Resenha O Bom Partido - Curtis Sittenfeld

Sinopse - Liz trabalha como escritora em uma revista e, assim como Jane, sua irmã mais velha instrutora de yoga, mora em Nova York. Preocupadas com os recentes problemas de saúde do pai, elas voltam à cidade onde nasceram para ajudar – e acabam descobrindo que tanto a bela casa em que cresceram quanto sua família estão desmoronando. As irmãs mais novas Kitty e Lydia estão ocupadas demais com seus treinos de CrossFit e dietas para arranjar empregos. Mary, a irmã do meio, está fazendo seu terceiro mestrado à distância e quase não sai do quarto, exceto para suas aventuras misteriosas nas noites de terça. E a Sra. Bennet só pensa em uma coisa: como casar suas filhas, especialmente com o aniversário de quarenta anos de Jane se aproximando. Até que chega à cidade o cobiçado médico Chip Bingley, famoso por ter participado do reality show Bom Partido. Em um churrasco de Quatro de Julho, Chip e Jane se interessam imediatamente um pelo outro, mas seu amigo neurocirurgião Fitzwilliam Darcy não tem a mesma sorte com Liz. Primeiras impressões, porém, podem estar erradas.
"O Bom Partido" é uma releitura moderna do clássico de Jane Austen, o livro "Orgulho e Preconceito". O livro é narrado em terceira pessoa e dividido em três partes, onde conhecemos as loucuras da família Bennet.
Jane e Liz são as irmãs mais velhas e próximas, que moram NY, mas que precisaram retornar para Cincinnati, mais especificamente para a casa de família em Hyde Park quando o pai passa por uma intensa cirurgia e precisa de cuidados pós-operatórios. 
Quando Lizzy e Jane retornam à mansão estilo Tudor em que a família sempre viveu se deparam com um verdadeiro caos. A mansão caindo aos pedaços, o pai se recuperando da cirurgia, uma infinidade de contas para pagar está se acumulando, gerando uma imensa crise financeira que esgotou os recursos da família.
"No meio tempo, quase diariamente, a mansão estilo Tudor revelou suas deficiências: torneiras pingando, rachaduras no assoalho, lâmpadas queimadas e de tamanhos errados nas arandelas. Em muitos casos, não estava claro para Liz se determinado problema, como uma mancha de infiltração de quase dois metros e meio na parede da sala, era novo ou se os pais e as irmãs simplesmente fingiam não o ver por meses ou anos". (p. 29)
A Sra Bennet não é exatamente uma esposa carinhosa e dedicada; ela está mais preocupada com suas funções sociais do que com a alimentação saudável que o marido precisa para se recompor e as filhas mais novas, bem... 
Kitty e Lydia estão mais preocupadas com sua aparência (pois é com ela que conseguem o que querem) e Mary, que está com 30 anos de idade, vive enfurnada no quarto, estudando online e se mantendo distante do máximo de seres humanos possíveis.
"No campo profissional, o senhor Bennet pouco fizera pela família, contando com uma herança grande, mas que diminuía a cada ano, o que tornava suas observações sobre a indolência das filhas um tanto hipócritas". (p. 12)
Jane é muito zen e calma e não deixa os problemas da vida a derrubarem. Com quase 40 anos, seu maior sonho é se tornar mãe, mas apesar de algumas tentativas in vitro, esse sonho não se realizou. Liz trabalha em uma revista e está envolvida em um relacionamento sem futuro, situação essa que vai ficando cada vez mais clara para ela conforme ela começa a analisar a própria vida, ao mesmo tempo em que tenta colocar a vida dos pais no eixo.
Fora do núcleo Bennet, temos Chip Bingley, um médico que ficou famoso após participar de um reality show e no episódio final, chorou horrores porque não conseguiu escolher uma das finalistas para se casar, alegando que nenhuma das duas era sua "alma gêmea".
Fitzwilliam Darcy é um neurocirurgião e amigo de Bingley que desde o princípio não vai muito com a cara de Liz. Para ele, Liz é muito questionadora e tira conclusões precipitadas, além de ser um pouco arrogante, ela acredita que tem as respostas para arrumar a vida de todos, quando sua própria vida é uma tremenda bagunça.
Discutindo temas atuais como maternidade solo, Preconceitos, Racismo, Feminismo, LGBTQ e muito mais, o livro traz uma história com personagens conhecidos, mas com uma perspectiva completamente diferente. 
"Embora tecnicamente Liz e Jane fossem solteiras, esse fato não revelava a história inteira de nenhuma das duas". (p. 18)
Para comprar o livro pela Amazon, acesse: https://amzn.to/2XBDEKY

* LIVRO RECEBIDO EM PARCERIA COM A EDITORA 

* Meu elenco dos sonhos: 

Jennifer Aniston como Jane
Sandra Bullock como Liz
Alyssa Milano como Mary
Britt Robertson como Kitty
Shailene Woodley como Lydia

Um comentário

  1. Olá! Confesso que não curti muito essa releitura, não consegui me conectar com os personagens e achei a escrita da autora um pouco maçante e arrastada, no final foi uma leitura ok, afinal é uma releitura de um dos meus livros preferidos, mas eu esperava um pouco mais.

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos e/ou preconceituosos não serão aceitos.

Obrigado por visitar e comentar.